Publicado por: carisouza80 | março 28, 2008

Na Semana da Água o IASB comemora 01 ano de incentivo aos produtores rurais para recuperação das Matas Ciliares

 

 

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Água (22 de março), o Instituto das Águas da Serra da Bodoquena – IASB completa 01 ano de execução do Projeto Matas Ciliares. O projeto, que recebe patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental, busca incentivar proprietários rurais da região do rio Mimoso, em Bonito/MS, a recuperarem as matas ciliares localizadas em suas propriedades com o objetivo de conservar os recursos hídricos.
O rio Mimoso, um dos principais afluentes responsáveis pela qualidade e quantidade das águas do rio Formoso vem apresentando diversos sinais de degradação, sendo que o principal deles é o desmatamento das matas ciliares e a diminuição do volume de água. Preocupado com essa situação, o IASB sentiu a necessidade de desenvolver o Projeto Matas Ciliares com o objetivo de tornar o custo da recuperação menor e mais atraente aos produtores rurais, fazendo com que estes possam vir a se tornar parceiros na conservação das matas ciliares que mantém as nascentes e mananciais do rio Mimoso.
Durante 12 meses de trabalho, proprietários rurais vêm recebendo assistência técnica, capacitação e participando de palestras e reuniões de sensibilização. Até o momento, cerca de 250 pessoas foram mobilizadas sobre a importância das matas ciliares para a proteção das águas. Além disso, o projeto vem realizando a implantação e avaliação de técnicas diferenciadas de recuperação em propriedades rurais no Mimoso, onde já foi feito o plantio de cerca de 1.500 mudas e mais de 10.000 sementes de espécies florestais nativas. Estes resultados estão sendo alcançados com o apoio fundamental do IBAMA – Parque Nacional da Serra da Bodoquena, Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Sindicato Rural, AGRAER e ATRATUR.
O IASB espera que com os resultados do projeto aconteça uma melhoria da qualidade de vida das comunidades direta e indiretamente envolvidas, assim como propiciar a solução de um problema que vem afetando os rios da região, através da utilização de técnicas mais baratas e acessíveis que virá atender a uma necessidade de grandes, médios e pequenos produtores e ainda por cima, ser uma ferramenta a mais no processo de recuperação e conservação da micro bacia hidrográfica do rio Mimoso.

 

O IASB
O Instituto das Águas da Serra da Bodoquena – IASB, constituído legalmente em 2002 em Bonito, Mato Grosso do Sul já desenvolveu diversas ações voltadas para a recuperação e manutenção da qualidade das águas, do solo e da vegetação das microbacias localizadas na Serra da Bodoquena.
Criado por proprietários rurais, empresários, ambientalistas e comunidade ribeirinha, o Instituto se originou da Associação Amigos do Rio Mimoso, onde pessoas de vários segmentos preocupadas com as condições de conservação ambiental da região começaram a se reunir em 1999 para buscar soluções a fim de minimizar o processo de degradação do referido rio.
Sua área de atuação é a região da Serra da Bodoquena, mais especificamente o município de Bonito. Nesta região encontra-se a maior extensão de florestas naturais preservada do estado de Mato Grosso do Sul e uma das maiores áreas de floresta estacional decidual do país. Além disso, apresenta faixa de mistura dos domínios Cerrado e Mata Atlântica.
Dentre as atividades desenvolvidas pelo IASB, podem-se destacar pesquisas e trabalhos que visam o melhoramento e a sustentabilidade do ambiental natural e social.

 Fonte: IASB 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: