Publicado por: biancaceloto | setembro 25, 2008

Agrossilvicultura: Soma de sistemas produtivos multiplica os ganhos da propriedade


A agrossilvicultura promove uma interface entre a agricultura e a floresta, representando redução no custo de aplicação de agrotóxicos, diminuição das perdas de solo e manutenção dos nutrientes, uma vez que a terra permanece com cobertura florestal por mais tempo. Além disso, contribui para gerar uma receita adicional para a propriedade.

As bases da agrossilvicultura, como o próprio nome sugere, estão fundamentadas na silvicultura (estudo e exploração de florestas),agricultura, zootecnia, no manejo do solo e em outras disciplinas ligadas ao uso da terra. Seus objetivos mais amplos são: produção de alimentos e de produtos florestais (madeireiros e não-madeireiros); produção de matéria orgânica; melhoria da paisagem; incremento da biodiversidade; conservação ambiental; formação de cercas vivas; quebra-ventos e sombra para criação animal. Um sistema agropecuário é visto como uma entidade organizada, com o propósito de usar os recursos naturais para obter produtos e benefícios agrícolas.

A agrossilvicultura é utilizada para designar um amplo conjunto de sistemas produtivos que combinam espécies agrícolas ou animais com espécies florestais. Assim, busca conciliar a produção com a conservação dos recursos naturais, em bases agroecológicas. Nesse sistema, as plantas são levadas a ocuparem nichos diferenciados, de forma a não competir entre si durante a sucessão natural que ocorre no local. A utilização de árvores nas propriedades agrícolas aumenta a capacidade de armazenamento de água nos solos, diversifica a paisagem, tornando-a mais estável às intempéries. Também propicia alternativas de geração de renda e trabalho, pela colheita de madeira e de produtos não-madeireiros.

Sustentabilidade na Agricultura

Mais exemplos de boas práticas para serem cultivadas no campo podem ser encontradas na cartilha Responsabilidade Ambiental na Produção Agrícola, de onde o texto que você acabou de ler foi extraído. A publicação foi elaborada pela Bunge, em parceria com Ministério do Meio Ambiente. Solicite um exemplar junto aos nossos técnicos, ou acesse a cartilha pela internet no endereço: www.bunge.com.br/sustentabilidade/.

Fonte: BUNGE no Campo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: